Detalhes do Imóvel
 

Terreno para Venda, Luís Eduardo Magalhães / BA, bairro Bairro da Posse, terreno 191,68 m²

Terreno: 191,68
Valor: R$ 53.000,00
Código: IMO-0597-J    |    IPTU: R$ 82,00    |    Área Terreno: 191,68 m²    |    Terreno Frente: 10,00 Metros    |    Terreno Esquerda: 19 Metros    |   
8195 repita:
Sua mensagem foi enviada para o responsável deste imóvel.

Descrição do Imóvel
Lote para venda na cidade de Luiz Eduardo Magalhães no estado da Bahia
Loteamento Jardim das Oliveiras - CEP: 47850-000
Valor de Venda R$ 53 mil
Área Total do Terreno: 191,68m²
Valor do IPTU anual R$ 82,42
Escriturado
Imóvel plaino medindo 10m x 19m fazendo parte do loteamento Jardim da Oliveiras, demarcado com piquetes, Rede de abastecimento de água, rede elétrica e iluminação pública passando na rua, rua pavimentada e com meio-fio.
Estudamos propostas de permuta em veículos ou outros bens móveis (com históricos) e de valor igual ou menor com pagamento da diferença.
Localização: localizada na região econômica do MATOPIBA (acrônimo para os estados do MaranhãoTocantinsPiauí e Bahia), que é descrita como região de alto potencial em agricultura, mas ainda com grandes falhas em infraestrutura, em fase de início de desenvolvimento.
O município de Luís Eduardo Magalhães está localizado na porção oeste do estado, à latitude 12°05'31" sul e à longitude 45°48'18" oeste, estando à altitude de 720 metros, portanto uma das cidades mais altas da Bahia.
Seu território tem, como limites, as cidades de: Barreiras e São Desidério (em território baiano) e Ponte Alta do Bom JesusTaguatinga e Aurora do Tocantins em (território tocantinense).
Clima
Segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), referentes ao período de janeiro de 2006 a julho de 2019,[10] a menor temperatura registrada em Luís Eduardo Magalhães foi de 8,9 °C em 6 de agosto de 2007 e 21 de julho de 2008, e a maior atingiu 38,4 °C no dia 5 de outubro de 2015. O maior acumulado de precipitação em 24 horas foi de 98 milímetros (mm) em 26 de abril de 2009.
Demografia
Sua população no censo demográfico de 2010 era de 60 105 habitantes, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, sendo então o 34º mais populoso do estado e segundo de sua microrregião.
Em 2019, sua população foi estimada em 87 519 habitantes, conforme dados do IBGE.
Economia
Luís Eduardo Magalhães possui a oitavo maior economia do estado da Bahia, estando caracterizada também como a 223ª maior economia do Brasil. Sua região é responsável por sessenta por cento da produção de grãos do estado, sua renda per capita é uma das maiores do Brasil. Segundo dados do IBGE, em 2016 seu Produto Interno Bruto foi de R$ 3 999 684 mil e o PIB per capita era de R$ 48 937,78 mil.[12]
As principais empresas da cidade são Grupo Coringa,[13] Galvani, Mult Grain, Brasilgás, Mauricea, Lojas Americanas, Lojas Novo Mundo, Topvel (Chevrolet), Buriti (Ford), Sanave (VolksWagen), Primavia (Fiat), Mobile (Iveco) e Bunge.
Agricultura
Sua agricultura é pujante, diversificada e de grande produtividade, possuindo grandes áreas irrigadas. Sua pecuária é de alta qualidade tanto na área genética como tecnológica. No ano de 2007, entrou em funcionamento um grande e moderno frigorífico de aves e a fábrica de ração para sustentar os produtores integrados de mais de um milhão de aves por mês.
A cultura da soja foi introduzida de forma acelerada. Novos cultivos são testados, diversificando a base produtiva agrícola e unidades industriais foram atraídas para a região. Em consequência, consolida-se um espaço dos mais promissores do Nordeste, com uma agricultura mecanizada, operada em moldes empresariais e com integração às cadeias agroindustriais. O Oeste da Bahia passa a ser o mais importante espaço nordestino receptor de imigrantes. Os vales, antes caracterizados pela pequena exploração agrícola familiar em minifúndios, começam a serem identificados como áreas bastante promissoras para o cultivo de frutas. Esta nova dinâmica possibilitou as potencialidades, em sua grande parte ainda inexploradas, e expôs a região a crises características dos períodos iniciais das áreas e expansão de fronteira econômica.
O município possui grandes áreas inexploradas, próprias para agricultura e pecuária. O Instituto Agronômico de Campinas (IAC), em convênio com órgãos públicos e privados, pesquisa variedades de cana de açúcar para encontrar a mais produtiva e que melhor se adapta na região.
Indústria
O parque industrial é composto por empresas líderes em seus segmentos, inclusive quase vinte multinacionais. Entre as empresas pioneiras que se instalaram no município, temos a Cooperativa Agrícola de Cotia, a Ceval, indústria de esmagamento de soja, mais tarde incorporada pela Bunge Alimentos e também a Cooperativa do Oeste de Minas Gerais.
Comércio
Seu comércio é suficiente para atender toda a demanda de seus habitantes, tanto na área de alimentos como produtos e implementos agropecuários e construção civil
Turismo
O município é um dos cinco do Brasil que sediam um dos maiores eventos de equipamentos de alta tecnologia destinados ao agronegócio, a Agrishow.
Atualmente sedia também o Bahia Farm Show, que teve a sua primeira edição na cidade de Ribeirão Preto, e conta entre outras com a de Rondonópolis (MT) e Cascavel (PR).
Esporte e Lazer
A cidade conta com bares, restaurantes e pizzarias de boa qualidade. Praças foram construídas em bairros populosos como o Jardim Paraíso, Santa Cruz, Jardim das Acácias, Centro e Mimoso e a miquaela I.[14]
No ano de 2013 foi entregue a população o Estádio Municipal Coronel Aroldo, o Aroldão, com capacidade para 5.000 pessoas.[15]
 
Proximidades
Bares e Restaurantes
Escola
Farmácia
Supermercado
Central de Negócios
Para maiores informações e agendamento de visita entre em contato.

ADRIANA SERAPHIM                                                                                                        JÂNIO lOPES
Creci. 164.843-F                                                                                                                  Creci . 174.809-F

Telefone: (19) 9.9886-0104 - whatsapp                                                                              Telefone:  (19) 9.9938-7090                                                                                                               
E-mail: adrianaimoveis@creci.org.br                                                                              jlopesimoveis@creci.org.br
Proposta / Informações
Mensagem:
 
0697 Para enviar, repita o código ao lado:
1539902106308124
redesp_facebook.pngredesp_google_plus.pngredesp_linkedin.png
Notícias
 
AQUISIÇÃO DE TERRENO E CONSTRUÇÃO RESIDENCIAL E COMERCIAL
Hortolândia Imóveis
JLopes Imóveis
Notícias
Links Úteis
Parceiros
Simulação de Financiamento
Correspondente Bancário
 
Não achou o
seu imóvel?
 
Informe as características
do imóvel que deseja.
Venda o seu
imóvel conosco
 
Oferecemos o melhor suporte para a venda do seu imóvel.
Atendimento
Personalizado
 
Entre em contato com a gente para que possamos ajudar.
icone-whatsapp 1
  ADRIANA SERAPHIM                                                                                                        JÂNIO lOPES
Creci. 164.843-F                                                                                                                  Creci . 174.809-F

Telefone: (19) 9.9886-0104 - whatsapp                                                                              Telefone:  (19) 9.9938-7090                                                                                                               
E-mail: adrianaimoveis@creci.org.br                                                                              jlopesimoveis@creci.org.br

                                                                     https://www.facebook.com/imoveisadrianaseraphim/
 
Site para Imobiliarias
Site para Imobiliarias
Sobre Nós | Pesquisa Completa | Vender Meu Imóvel | Notícias | Links Úteis | Parceiros | Fale Conosco
(19) 9.9938-7090 vendas - (19) 9.9886-0104 locação (19) 3515-3315